ÁFRICA E SAFARIS - ACROSS KENYA

Safari Across KenyaDia 1 – Lisboa ou Porto / Nairobi
Após as formalidades de embarque partida com destino a Nairobi via capital Europeia. Chegada, assistência e transfer para o Fairmont Norfolk Hotel ou similar. Nairobi é uma das mais importantes cidades do Continente Africano onde encontrará uma mistura de alguns edifícios modernos e restaurantes cosmopolitas, com mercados e trânsito bem africanos. Alojamento.

Dia 2 – Nairobi / Monte Quénia
Após o pequeno-almoço transfer para o Monte Quénia, a segunda mais alta montanha de África. Vai cruzar a linha do Equador e chegar a tempo de almoçar no Fairmont Mount Kenya Safari Club, ou similar. Os picos mais altos do Monte Quénia, Batian e Nelion, apenas podem ser escalados por alpinistas com competência técnica. De qualquer das formas, Point Lenana, o terceiro pico mais alto do Monte Quénia, pode ser escalado por “amadores”. É uma recompensadora subida com muitas plantas exóticas e espécies animais. No cume a vista é soberba. Jantar e alojamento no lodge.

Dia 3 – Monte Quénia
Estadia em regime de pensão completa. O seu dia em safari deve ser bem aproveitado desde o nascer ao pôr do sol fotografando, filmando, observando, desfrutando.

Dia 4 – Monte Quénia / Samburu
Pequeno almoço e saida para as terras áridas da Reserva Natural de Samburu. Vai chegar ao Sopa Lodge, ou similar, a tempo de almoçar. De tarde, e após uns momentos de repouso, é tempo para Safari fotográfico neste magnifico parque. Jantar e alojamento no hotel.

Dia 5 – Samburu
Estadia no seu lodge em regime de pensão completa. É a vastidão da paisagem e a vida selvagem que fazem de Samburu uma experiência inesquecível. Poderá encontrar a Avestruz, a Zebra de Grevy, o Elefante, a Girafa, a Chita, assim como mais de uma centena de espécies de aves. Depois do almoço, participe no safari ao longo da margem oeste do rio. Ao regressar ao Lodge terá ainda tempo de apreciar dois dos grandes predadores de África a alimentarem-se ao pôr-do-sol: o Leopardo e o Crocodilo.

Dia 6 – Samburu / Aberdares
Após o pequeno almoço, transfer para o parque nacional de Aberdares. Este parque tem uma enorme variedade de fauna e flora que dificilmente encontrará noutro local excepção, talvez, no Monte Quénia. O Elefante e o Búfalo são os animais dominantes, mas pode também encontar outras espécies, tais como o Rinoceronte preto, Gazelas, Leopardos pretos, Leões e variadissimas especies de aves. Fantástico é o facto de se poder observar (desde as varandas e observatórios) os animais, que se acercam para beber ou tomar banho. Não se assuste com os “bush babies” os macacos nocturnos, que vão brincar e fazer ruídos durante toda a sua estadia. Almoço e distribuição de alojamentos no Fairmont Ark Lodge ou similar. Durante a tarde poderá observar, da sua varanda, os animais bem perto do lodge. Jantar e alojamento.

Dia 7 – Aberdares / Lago Nakuru
Pequeno almoço e saida para o Lago Nakuru. Este é famoso pelos Flamingos pois ao olharmos para o lago este está repleto de um rosa intenso.Vai chegar a tempo de almoçar. Situado na encosta de uma colina, para além do panorama ser magnífico é uma excelente base de partida para descobrir toda a fauna do parque, como Rinocerontes, Búfalos, Girafas, Gazelas, Babuínos, Leopardos e Hipopótamos. Estes últimos podem ser observados ao pôr-do-sol quando se dirigem para a margem do lago para se alimentarem. Delicie-se ainda com o extenso bosque de acácias e encostas rochosas que suportam centenas de espécies de aves. Ao final da tarde, transfer para o Lago Naivasha. Jantar e alojamento no Naivasha Sopa Lodge ou similar.

Dia 8 – Lago Nakuru / Masai Mara
Pela manhã, e depois do pequeno almoço, continuação do seu safari agora em direcçõa à Reserva Nacional de Masai Mara onde poderá observar em qualquer altura do ano aqueles que são considerados os 5 grandes da Savana: o Leão, o Búfalo, o Elefante, o Leopardo e o Rinoceronte.Vários rios atravessam a reserva (Mara, Sand e Talek), convertendo esta numa das mais ricas em fauna do Quénia e igualmente “terra” da tribo Masai, antigos guerreiros nunca vencidos, que dão nome à região. Chegada ao Sarova Mara Tend, ou similar. Distribuição de alojamentos e almoço. Depois de um pequeno periodo de repouso,e durante a tarde, safari fotográfico. É impossível especificar onde poderá observar as diversas espécies que povoam Masai Mara. Aqui, irá encontrar o Leão a caçar por entre a vegetação das longas planícies, a Chita sempre em alerta, o tímido Leopardo no cimo das árvores, o imponente Elefante e o Rinoceronte em áreas pantanosas. O Búfalo poderá ser observado em qualquer lado, bem como as várias espécies de Gazelas, Zebras, Girafas, etc. Jantar e alojamento.

Dia 9 – Masai Mara
Estadia em regime de pensão completa. O seu dia em safari, deve ser bem aproveitado, do nascer ao pôr do sol. Fotografando, filmando, observando, desfrutando. Aconselhamos, pela manhã bem cedo, um balão um safari (opcional). Voando sobre a Savana de Masai Mara, dislumbre-se com a alvorada enquanto, em terra, a magnífica vida animal fervilha debaixo de si.

Dia 10 – Masai Mara / Nairobi / Lisboa ou Porto
Após o pequeno-almoço no lodge partida com destino a Nairobi. Hora de regresso, cheio de recordações, horas de vídeo, imensos rolos e várias peças de artesanato que habilmente negociou. Formalidades de embarque e saida com destino a Lisboa ou Porto via capital Europeia.

* Possibilidade de extensão a Mombasa - Praias do Indico.

Informações úteis:

Geografia
O Quénia fica situado na costa leste de África e tem uma superfície de 582.650 Km2. Faz fronteira com a Etiópia a norte, Sudão a noroeste, Somália a nordeste, Uganda a oeste e a Tanzânia a sul. A leste é banhada pelo Oceano Índico. O Quénia divide-se em quatro regiões principais: o norte, o árido e desértico, a região de savana a sul, as terras baixas e férteis ao longo da costa e nas margens do Lago Vitoria e as terras altas a oeste, onde se situa Nairobi, a capital.

Documentação
Passaporte em vigor com, pelo menos, 6 meses de validade. É necessário visto de entrada para o Quénia (obtido à chegada – custo USD 50,00 por pessoa).

Sistema Monetário
A unidade monetária é o Shilling do Kenya (KES), dividido em 100 cêntimos. 1 € é igual a 85 Shillings Quenianos, aproximadamente. Cartões de crédito: American Express, Diners, Master Card e Visa.

Saúde / Vacinas
Risco de malária durante todo o ano nas regiões abaixo dos 1800 metros. Recomenda-se a vacinação contra a febre-amarela. Recomendamos tratamento profiláctico da Malária, bem como, o uso de repelente de mosquitos

Clima
O Quénia apesar de ter vários microclimas pode-se dizer que o clima é muito agradável devido à altura da região de Nairobi e dos Parques. As temperaturas máximas oscilam entre os 21 e os 30 graus e as mínimas entre os 9 e os 13 graus. O período das chuvas é de Março a Maio e o mês de Novembro.

Gratificações
Geralmente aplica-se 10% dependendo do nível de serviço proporcionado. Gratificações a bagageiros (USD$ 1,00 por mala), motoristas/guias (USD$ 5,00 a $ 10,00 por pessoa, por dia) e pessoal dos hoteis/lodges (USD$ 2,00 a $ 4,00 por pessoa, por dia).

Segurança no Parques
Os parques costumam dispor de uma série de caminhos traçadas que devem ser fielmente seguidos. Não se podem ignorar e desrespeitar. Assim o dizem as normas e a sensatez. Afastar-se deles prejudica o natural movimento e a vida dos animais que já se habituaram a que os seus observadores se encontrem nestes pontos. Também não é permitido sair dos veículos quando se está percorrendo as zonas protegidas. Logicamente, não se deve molestar os animais. As noites são outro dos momentos oportunos para cumprir as recomendações dos guias e das autoridades. Convém não sair dos recintos ou das zonas delimitadas, simplesmente por segurança.

Horal Local
Durante o verão tem duas horas mais que Portugal e três horas mais no Inverno.

Idioma
O swahili é o idioma oficial e o mais falado. O inglês está largamente difundido. Outras línguas faladas são o Kikuyu e o Luo.

Electricidade
220 / 240 V.

O que vestir
Quanto melhor equipado se viaje, mais se desfrutará da viagem. Não se deve viajar com demasiada bagagem, mas sim com a bagagem adequada. Um chapéu e uns óculos de sol são necessários para não ter problemas de insolações. Também uma camisa e calças compridas para o entardecer em lugares onde abundam os mosquitos, assim como um bom repelente de insectos. Os sapatos devem ser cómodos e fechados. O vestuário deve ser desportivo, especialmente nos lugares de veraneio e nos parques. No entanto nos restaurantes deve ser usada roupa mais formal. Não esquecer trazer a câmara fotográfica e um par de binóculos para observar os animais!

Consulte-nos para mais informações e reservas sobre a África dos seus sonhos!