ÁFRICA E SAFARIS - ACROSS TANZÂNIA

Across TanzâniaDia 1 – Lisboa ou Porto / Arusha
Formalidades de embarque e partida com destino à Tanzânia via capital Europeia. Chegada ao aeroporto de Kilimanjaro e após algumas formalidades de emigração, acolhimento pela nossa equipa local e transfer para o Arusha Hotel ou similar. Alojamento.

Dia 2 – Arusha / Tarangire
Pequeno almoço e saida do hotel iniciando assim o seu Safari. Para já o destino é o Parque Nacional de Tarangire o “anfitreão” de um grande número de espécies raras, tais como “Orix, Kudu e Gerenuk”. Outra das atracções são as pitons trepadoras de árvores e os elefantes. Tarangire tem ainda o maior número de espécies de aves que qualquer outro habitat no Mundo. Chegada ao Kikoti Safari Camp ou similar. Distribuição de alojamentos e almoço. Durante a tarde, e após um curto repouso, Safari fotográfico no Parque. Regresso ao lodge. Jantar e alojamento.

Dia 3 – Tarangire
Estadia em regime de pensão completa. O seu dia em safari, deve ser bem aproveitado, do nascer ao pôr do sol, fotografando, filmando, observando, desfrutando. Este parque tem 2.600 Km de área, possuindo uma beleza notável e uns safaris recompensadores, pois fica situado na rota da tradicional migração de várias espécies de vida selvagem.

Dia 4 – Tarangire / Lago Manyara
Após o pequeno almoço continuação para o Parque Nacional Lago Manyara. A grande variedade de mamíferos, répteis e pássaros no parque e os diferentes tipos de vegetação, fazem do Lago Manyara um “santuário” para várias espécies animais, tais como, elefantes, búfalos, girafas, chitas, gnus, impalas, zebras, hipopótamos, rinocerontes e primatas mas, o grande cartaz emblemático deste parque, são os leões empoleirados nas copas das acácias. Chegada ao Kifaru Lodge, ou similar, para almoço após o qual se seguirá safari fotográfico no Parque. Regresso ao lodge. Jantar e alojamento.

Dia 5 – Lago Manyara / Serengeti
Depois do pequeno almoço, saída para o Parque Nacional de Serengeti. 6000 metros quadrados de Savana e planícies fornecem abrigo aquela que é considerada, porventura, a maior concentração do mundo de vida selvagem. Vai chegar ao Serengeti Serena Lodge, ou similar, para almoçar e, pela tarde, Safari fotográfico neste Parque.

Dia 6 – Serengeti
Estadia em regime de pensão completa. Para quem viveu em África, Serengeti é um nome mítico, ao qual se associam inúmeras caçadas. Serengueti, em dialeto Masai, significa “Planície sem fim”. Situado num planalto entre Ngorongoro e a fronteira Quénia/Tanzânia, este parque engloba a maior parte do ecossistema do Serengueti.. Este é um dos locais onde é possível observar as tradicionais rotas migratórias dos Gnus. Os rios existentes no parque proporcionam um excelente habitat para muitas espécies de aves, mamíferos e répteis. Certamente que no fim deste dia perceberá ainda melhor o significado da palavra Serengeti.

Dia 7 – Serengeti / Ngorongoro
Pequeno almoço e… chegou o momento de partir para Ngorongoro. O trajecto é um verdadeiro Safari fotográfico. A área de conservação de Ngorongoro tem mais de 8000 Km2 e cobre uma enorme variedade de terrenos entre Serengeti e o Lago Manyara, podendo ser observadas florestas, lagos e dunas. Durante a viagem, curta paragem numa vila Masai. Almoço incluído durante o trajecto. O jantar e o alojamento já serão no Ngorongoro Farm House ou similar.

Dia 8 – Ngorongoro
Estadia em regime de pensão completa. Ao acordar, pense que se encontra alojado junto à maior concentração permanente de vida selvagem em África. Este parque é a “casa” da famosa cratera vulcânica de Ngorongoro. Há cerca de 8 milhões de anos o cone do vulcão que aqui estava activo desmoronou-se e deu origem a uma caldeira que chega a atingir os 610 metros de altura e 260 Km de largura. É aqui que habitam mais de 25 mil animais, tais como a Zebra, Leopardo, Chita, Elefante, Búfalo, Antílope, Flamingo e outras espécies de aves. Os leões deste parque rivalizam com os de Serengeti e existem imensas hienas. Com tudo isto em mente, partimos para Safari. Descida até ao fundo da cratera. De regresso ao lodge, ao tomar uma bebida, talvez o seu aperitivo para jantar, reflita e “agradeça” a Bernard e Michel Grzimek (pai e filho) que dedicaram as suas vidas à conservação e salvação de Ngorongoro e do Serengeti.

Dia 9 – Ngorongoro / Arusha / Lisboa ou Porto
Após o pequeno almoço, e em hora a indicar localmente, regresso a Arusha. Almoço e, de acordo com o horário do seu voo, transfer para o aeroporto. Formalidades de embarque e partida com destino a Lisboa ou Porto via capital Europeia.


Consulte-nos para mais informações e reservas sobre a África dos seus sonhos!